Como plantar alecrim

O alecrim é um arbusto perene, com lindas flores pequeninas (brancas, rosas ou azuis), que possui forte aroma. Seu nome científico é Rosmarinus officinalis, onde rosmarinus significa “orvalho do mar”. Este nome é devido ao forte aroma que ele libera quando cresce livre e espontaneamente.

Esta planta é uma das mais úteis e versáteis para uso medicinal, em casa ou na cozinha. É originária do mediterrâneo, sendo usado na Idade Média para purificar o quarto dos doentes. É também símbolo da fertilidade.

Seu chá é conhecido como o o chá que cura o corpo e alegra a alma.

Informações técnicas

Porte

Dependendo do modo de cultivo, a planta pode atingir 1,5 m de altura ou mais.

Ciclo de vida

É uma planta perene, ou seja, de ciclo de vida longo, vive vários anos.

Manutenção

A poda é indispensável para o aparecimento de novos ramos e flores, além de garantir a regeneração da planta. Porém deve seguir a floração e deve ser feita antes de começar o inverno.

Necessidades

O alecrim prefere solos que não retém muita água e que sejam mais pobres em nutrientes. A rega deve ser frequente, mas apenas para manter o solo levemente úmido quando as plantas ainda são jovens.

Depois que estiverem bem desenvolvidas, regue com menos frequência, de forma que o solo fique levemente seco entre uma rega e outra. Esta planta resistem bem a períodos de seca.

Dependendo do desenvolvimento da planta e da forma de cultivo, o alecrim pode ou não suportar invernos muito frios. Lembrando que plantas maiores resistem melhor do que as plantas mais jovens e pequenas.

Luminosidade

O alecrim precisa de bastante sol para se desenvolver.

Propagação

O melhor é plantar o alecrim no início da primavera, por estaquia ou por sementes. Importante notar que o plantio por sementes é mais demorado, pois o alecrim chega a levar 3 anos para se tornar uma planta totalmente desenvolvida.

Já o plantio por estaquia pode ser feito a partir de ramos cortados com aproximadamente 15 cm de comprimento.

O melhor é plantar em vasos ou recipiente que fiquem em lugar com muita iluminação, mas sem luz solar direta. Além disso, mantenha o solo bem úmido até o enraizamento. Isso leva de 3 a 4 semanas. Depois que o enraizamento acontecer, as mudas devem receber luz solar direta.

Tipo de vaso

O alecrim pode ser plantado em vasos de tamanho médio ou grande e em floreiras. Também pode ser plantado junto com a segurelha e com o tomilho.

Partes usadas

Do alecrim usa-se as flores e as folhas.

Usos

Na culinária

O alecrim combina bem com tomate, laranja, cebolas, ovos, cogumelos, cream cheese e couve. Também fica bom quando usado com outros temperos, como segurelha, tomilho, salsa, orégano, alvazema, hortelã, alho, cebolinha, sálvia e louro.

É muito utilizado também em marinadas e para dar um sabor especial a pães e bolachas, tanto doces como salgadas.

Seus caules mais fortes podem ser usados como espetos.

Propriedades medicinais

Muito indicado para dores reumáticas, baixar o colesterol no sangue, aliviar as dores menstruais e as constipações. O chá, considerado antisséptico, também combate a febre, a asma e a tosse.

Chá de alecrim

Para fazer o chá de alecrim, use aproximadamente 20 gramas da planta por litro de água.

Para as dores reumáticas, faça o chá com 30 gramas de folhas e flores por litro de água. Use uma toalha embebida no chá e aplique-a diretamente sobre a parte do corpo em que está sentindo dores.

Na horta

O alecrim também é benéfico na sua horta por repelir vários insetos.

Leave a Reply